The Poet…
Poder viver….Com alegria….E sem ter medo….De falar….No coração….A poesia….- Catedal “Mil Maneiras”……

out
06

 

Seus olhos

Refletem o sol

Sua boca

O gosto do sal


A areia branca da praia

Envolve nossos corpos quentes

Você faz o tempo parar

Quando começa a me beijar


Um poeta já disse

Uma certa caretice

  “Até o tempo passa arrastado

Pra eu ficar do seu lado”


Agora temo ceder

E ainda te dizer

Que nesse mundo insensível

Faria por você o impossível

ago
30

Seus olhos fazem

Meu coração acelerar

Sua pele faz

Minhas pernas fraquejar

Seus lábios fazem

Meus sentidos delirar

 

Já não consigo resistir

Já começou a me confundir

Já não entendo meus sentidos

Já não escuto meus amigos

 

Cada segundo que passa

Eu penso em você

Na hora que você me abraça

Fico a sua mercê

 

Quando acordo de manhã

A solidão tento combater

Sabe que sou seu fã

E que temo te perder

ago
27

Não adianta querer fugir

Minhas palavras terá de ouvir

Não vale a pena fingir

Pra mim não tente mentir

 

Amigos de verdade

Não importa qualidade

Prevalece a qualidade

Ninguém é nada sem amizade

 

Não tente mudar o mundo

Faça apenas um gesto profundo

Viva segundo a segundo

 

Nunca mude por alguém

Se ele te ama porém

Não vai quer te mudar também

ago
26

              Estava eu pensado ontem e logo descobri em mais um dos poucos programas humorísticos de boa qualidade que faria 19 anos que um de meus maiores ídolos faleceu….  RAUL SEIXAS……. e escrevi este tributo a ele……….

            Fique com deus……….ou não ……..RAUL… 

 

Meu Querido Raul

 

Está em qualquer profecia
Que tudo se acaba um dia
Dês que nascestes sabia
Que como todos morrer iria

 

Se nasceste a dez mil anos atrás
fizeste trato com Satanás
Dez mil anos é muito, aliás
Dentre os poetas era um ás

 

Se do passado esqueceste
No presente nunca viveste
Ao futuro pertenceste

 

Oh morte, tu que és tão forte,
De ouvir-te Raul tive sorte
E que tua musica conforte

 

 

 

 

ago
25

Não adianta eu te amar

Até de viver parar

Sem você me querer

Eu não consigo te esquecer

 

Mas não sei o que fazer

Quando você está perto

Não consigo ver

Se estou mesmo certo

 

Você joga duro

Mas não é um muro

E tem coração puro

 

Você tem um ponto fraco

Talvez este verso opaco

Em qual meu amor eu destaco